Presidente da Câmara espera clima quente na votação de destaques da MP do Mais Médicos

9 de outubro de 2013

Política



Presidente da Câmara espera clima quente na votação de destaques da MP do Mais Médicos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-09/presidente-da-camara-espera-clima-quente-na-votacao-de-destaques-da-mp-do-mais-medicos
Oct 9th 2013, 13:51

Carolina Gonçalves

Repórter da Agência Brasil

Brasília – Antecipando o clima que se espera durante a votação dos 13 destaques à Medida Provisória (MP) 621, que cria o Programa Mais Médicos, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), resumiu: "é uma guerra".
Alves chegou a afirmar que as pessoas que acompanharem a sessão vão se admirar com a temperatura do plenário. Poucas horas antes, a presidenta Dilma Rousseff manifestou uma posição mais serena, enquanto esteve no Congresso para uma solenidade em homenagem aos 25 anos da Constituição Federal. Na solenidade, Dilma mostrou-se animada com o resultado da sessão iniciada ontem (8).
Durante a madrugada, a Câmara aprovou o texto principal da MP, que cria o programa destinado a levar médicos para o interior do país e periferias das grandes cidades, não têm profissionais atuando. Depois de quase seis horas de discussão em torno do texto, os deputados decidiram deixar para a tarde de hoje os destaques apresentados pelas legendas para alterar alguns pontos do texto.
O ministro da saúde, Alexandre Padilha, num tom mais prudente, disse que só vai se manifestar no final da votação dos destaques, prevista para a tarde de hoje (9). O líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), não espera mudanças significativas no texto. "Se o relator [deputado Rogério Carvalho (PT-SE)] entender que alguma mudança deva ocorrer, estará em consonância com o Executivo", afirmou.
"Ontem ninguém falou contra o mérito do programa. Acho que essa é a maior vitória, inclusive do governo. Podem ser discutidos [hoje] aspectos [do programa], mas o grande embate acabou: se valia a pena. Vale a pena", avaliou o deputado. Chinaglia disse que está conversando com os líderes da base aliada para tentar convencer os parlamentares a abrir mão de discursos para garantir que a votação seja concluída ainda nesta quarta-feira.
Edição: Nádia Franco
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/kdt/7qh3fv

Espalhe:

Comentário(s)



Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2018 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para Ouni